Wizardry (ウィザードリィ)

vhswizardry

  Baseado no clássico RPG eletrônico ocidental Wizardry (aqui uma matéria bem completa sobre ele, em inglês), o anime é talvez a mais fiel transposição de um dungeon crawler em primeira pessoa, aquele gênero com imensas dungeons e vários andares, onde você anda entre intermináveis paredes de pedra e onde o objetivo muitas vezes é sobreviver. Atualmente Etrian Odissey e alguns jogos da franquia Megami Tensei seriam os maiores exemplos. Lembra bastante RPG de mesa, talvez pelo fato Wizardry utilizar regras simplificadas de Dungeons & Dragons. Nada disso é revertido em grande qualidade, mas é divertido observar como adaptaram para o mundo da animação.

Gênero: Aventura/Fantasia
Formato: OVA
Episódios: 1 (50 min)
Direção: Shunya Fujioka
Estúdio: TMS
Ano: 1991 Continuar lendo Wizardry (ウィザードリィ)

Anúncios

Gin-iro no kami no Agito (銀色の髪のアギト)

  vlcsnap-2015-02-22-18h43m03s222

  Uma experiência genética com plantas na Lua sai do controle e um novo tipo de flora agressiva e inteligente nasce dali, indo direto a Terra e destruindo a civilização humana. Passados séculos,  os poucos sobreviventes mantém uma espécie de trégua com a floresta. Um dia um garoto chamado Agito descobre uma câmara de hibernação dentro da floresta e acorda Tula, uma garota do antigo mundo que dormiu por 300 anos. Ela é a chave para ativar a máquina com o poder de “reiniciar” o mundo, tornando Tula alvo de Shunack, outro humano da antiga Terra que deseja fazer tudo voltar a ser como era, independente das consequências.

Gênero: Sci Fi/Aventura
Longa-metragem
Duração: 94 minutos
Estúdio:  Gonzo
Ano: 2006
Direção: Keiichi Sugiyama

Continuar lendo Gin-iro no kami no Agito (銀色の髪のアギト)

SoulTaker (ソウルテイカー)

soultaker

  Kyosuke Date é subitamente esfaqueado por sua mãe e deixado para morrer numa catedral. Ele é enterrado mas logo retirado por uma misteriosa garota que diz ser sua irmã, embora se revele ser apenas “parte” dela. Ele agora procura respostas do porque sua mãe tentou matá-lo, onde está sua verdadeira irmã e porque ele consegue se transformar no poderoso Soultaker.

  Uma mistura do clássico Devilman com o simbolismo de Neon Genesis Evangelion e Serial Experiments Lain, esta foi a melhor descrição que li sobre Soultaker, embora adicionaria  o estilo da franquia Monogatari, graças a direçã de Akiyuki Shinbou. Aqui ele ainda não havia refinado seu estilo, melhor desenvolvido em obras como Bakemonogatari e Mahou Shoujo Madoka, mas consegue trazer algo diferente para o gênero super-heroi.

  O anime foi um tentativa da Tatsunoko de lançar uma série de super-heroi mais adulta,  atualizando as fórmulas de antigas séries de sucesso dela mesma como Casshern e Hurricane Polymar (com o qual divide semelhança em design de protagonista além de ter um remake em 1997 dirigido também por Shinbou). Continuar lendo SoulTaker (ソウルテイカー)

Bounty Dog ~ Getsumen no Ibu ~ (バウンティドッグ~月面のイブ~)

       bountydog  Geralmente críticas positivas são os que nos incentivam a buscar alguma obra qualquer, mas  vez ou outra algo é criticado tão negativamente que é impossível não atiçar a curiosidade. Ainda mais se vem de alguém ou algum local que você deposita certa confiança, como foi este caso o Anime News Network. Não é todo dia que alguém lá diz que não há nada que se salve numa obra, e logo eu tive que assistir.

  Yoshiyuki Otomo, membro dos espiões mercenários da Bounty Dog, viaja a Lua para investigar o”Project Kaguya” da Corporação Constans. Lá, Yoshiyuki encontra a misteriosa Ines, que diz conhece-lo e é muito semelhante a um antigo amor que morreu na Terra anos antes. Yoshiyuki e seus companheiros da Bounty Dog vão desvendar os mistérios de Ines e o Projeto Kaguya, eventualmente descobrindo que o destino da própria humanidade está em jogo.Bounty_Dog_01[x264-AAC][SSP-Corp][6DAC6D97].mkv_snapshot_22.23_[2015.01.11_13.49.25]

Gênero: Sci Fi/Cyberpunk
Formato: OVA
Episódios: 2 (28 min)
Direção: Hiroshi Neguishi
Estúdio: ANIMATE films
Ano: 1994

Continuar lendo Bounty Dog ~ Getsumen no Ibu ~ (バウンティドッグ~月面のイブ~)

Choujin Locke (超人ロック)

    locke

  Locke é um ESPer (pessoa com poderes paranormais) lendário que vive a centenas de anos, aposentado após inúmeros batalhas pelo universo. O crescimento do poder de Lady Khan, uma poderosa psiônica que pretende dominar a galáxia e iniciar uma nova era com a ajuda de um exército de outras pessoas com habilidades paranormais, leva o oficial Yamaki a pedir ajuda de Locke. Sabendo da ameaça que Locke representa a seus planos, Lady Khan pretende usar a jovem e inexperiente Jessica, que é capaz de neutralizar outros ESPers, para derrotá-lo.

Gênero: Sci Fi/Aventura
Longa-metragem
Duração: 120 minutos
Estúdio: Nippon Animation
Ano: 1984
Direção: Hiroshi Fukutomi

  Baseado no mangá de Yuki Hijiri que foi serializado em váras revistas entre 1980 e 1989, este longa de 1984 apresenta o universo de guerras psiônicas de Locke, com uma aventura bem convencional que cumpre o dever. Foi lançado no Brasil como “Locke – O Superman das Galáxias”.

Continuar lendo Choujin Locke (超人ロック)

Joshuu 701-Gô:Sasori (女囚701号:さそり) [1972-1973]

scorpion-prisoner701-poster1

  Pink Eiga é uma categoria de cinema japonês (talvez o mais correto seja um movimento) que abrange uma variedade de gêneros, tendo o erotismo como principal característica pelo que compreendi. Na década de 70 a Toei produziu diversos longas dentro desta categoria, gerando a subcategoria pinky violence. São filmes de exploitation (outra categoria bem abrangente, relacionada a exagero em violência e sexo geralmente), com protagonistas femininas fortes, violência e erotismo. Alguns dos maiores representantes deste pinky violence são os filmes da franquia Joshuu 701-Gô:Sasori (Prisioneira 701: Escorpião), especialmente os quatro primeiros, lançados entre 1972 e 1974, dos quais trata o post.

  Baseados no mangá homônimo de 1970 de Tohru Shinohara, focam na saga de Nami Matsushima, apelidada de Sasori na prisão, onde torna-se endurecida e mortal devido aos inúmeros abusos que sofre. A série tem a vingança como um dos principais temas, relacionado principalmente a opressão masculina sofrida pela protagonista.

   Embora os filmes sejam continuação direta uns dos outros, não é obrigatório assisti-los em ordem. Funcionam como contos no mesmo universo, sendo diferentes inclusive em gênero cinematográfico. Além da protagonista, os filmes possuem em comum a atriz principal Meiko Kaji  e os 3 primeiros a direção por Shunya Itou.

   É difícil saber o quanto é fiel ao mangá ou até sobre a qualidade deste, já que não encontrei nada sobre na internet, apenas que ele parece ter sido popular. O  sucesso de Sasori incentivou outras adaptações cinematográficas de obras de Tohru Shinohara como Zero Woman.

Continuar lendo Joshuu 701-Gô:Sasori (女囚701号:さそり) [1972-1973]