Visitor Q (ビジターQ)

  visitor_q

  Um pai jornalista que em sua busca por uma matéria sobre os “jovens nos dias de hoje” acaba tendo relações sexuais com a própria filha prostituta; um filho que sofre bullying na escola mas violenta fisicamente a própria mãe em casa; uma mãe servil que mantém seu vício em heroína através da prostituição. Um visitante chega para transformar através de métodos nada ortodoxos a vida desta família.

  Dirigido pelo prolífico cineasta japonês Takashi Miike, Visitor Q é uma desconfortável comédia de humor negro, com os exageros em violência e sexo que são marca dos trabalhos do diretor, que também nos trouxe pérolas bizarras como “Ichi – O assassino” e “Audition”. Embora a sinopse possa afastar muita gente, o filme traz uma mensagem mais convencional (talvez até doce no final) do que aparenta, e as próprias situações não são tão surreais assim se analisarmos melhor.

vlcsnap-2014-08-06-22h46m19s99

vlcsnap-2014-08-06-22h45m37s187

  O filme nos apresenta o cotidiano desta família, tanto individualmente quanto no ambiente familiar, ao mesmo tempo que mostra as nem sempre sutis ações do misterioso visitante para mudá-la. Seja ajudando estas pessoas a realizar seus desejos secretos ou uma simples uma pedrada na cabeça, vale tudo para faze-las “acordarem” para si e refletirem sobre seu papel no núcleo familiar. .

  Conforme os eventos vão ficando mais bizarros, o filme vai ficando cada vez mais desconfortável, mas nunca perdendo o “bom” humor. Um dos destaques é o trecho envolvendo necrofilia, tão divertido quanto indigesto, com um pouco de escatologia para dar um “tempero extra”.

  Devido ao baixo orçamento Visitor Q é todo filmado em câmeras digitais, dando um ar realista que acentua o naturalismo da narrativa, sendo esta crueza com a qual as situações surreais são mostradas um de seus pontos fortes. Algo curioso é que embora o filme possua uma atmosfera de horror, ela traz consigo uma certa aura de tranquilidade, talvez até pelo “desespero” contido de seus personagens.

    vlcsnap-2014-08-06-22h48m30s130

vlcsnap-2014-08-06-22h49m02s196

  Uma experiência intensa, com uma bela e icônica cena final para fechar a jornada, Visitor Q é um dos melhores filmes de Takashi Miike, além boa porta de entrada para sua extensa e peculiar filmografia. Embora pareça indigesto a primeira vista, ele essencialmente aborda de uma forma não convencional o tema da família, embora sua conclusão sobre o mesmo seja curiosamente convencional, até doce. Vale a visita.

Gênero: Comédia/Drama/Horror
Filme Live-action
Duração: 84 min
Direção: Takashi Miike
Estúdio:CineROcket
Ano: 2001
Origem: Japão

 

Referências:

Uma resenha com algumas informações: http://www.midnighteye.com/reviews/visitor-q/

Entrevista com o diretor Takashi Miike: http://www.midnighteye.com/interviews/takashi-miike/

Visitor Q no IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0290329

Anúncios

2 comentários sobre “Visitor Q (ビジターQ)

  1. Olá!!

    Quantos gêneros inusitados para um único filme!! Seria sobre esse filme que você veio me perguntar no twitter, aliás, tem coisas mais desagradáveis do que este. Infelizmente.

    Interessante. Mas pela sua temática eu no mínimo passaria longe, por gosto mesmo. Só não digo “nunca vou assisti-lo, pois nunca deve-se dizer nunca”. rsrsrs

    Até mais

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, foi esse mesmo Natália. Realmente há filmes mais desagradáveis, até pq este dá uma razão de ser para tudo o que ocorre, sem nada gratuito.

      Entendo a questão de gosto. Mas se por acaso um dia estiver afim de algo diferente, e tropeçar por Visitor Q, acredito que terá uma surpresa positiva.

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s